Novas Noticias
Novas Noticias
Novas Noticias

ILHÉUS EM FOCO: ENTREVISTA COM O PRÉ CANDIDATO MAKRISI ANGELI

1. Formação e Carreira Política:


 - Pré-candidato, poderia compartilhar um pouco sobre sua formação e como iniciou sua carreira política?


R= Funcionário público do Tribunal de Justiça; Formação em Magistério; Sindicalista; Presidente do Gremio Estudantil do IME; Presidente da Associação de Moradores do Teotônio Vilela; Membro de Conselhos Municipais em Ilhéus; Pastoral da Juventude; Conselho Nacional do Laicato da Igreja Católica;


2. Experiência e Legado:


 - Pré-candidato, ao longo de sua trajetória, quais cargos públicos desempenhou funções e que legado e experiência conseguiu construir?


R= Vereador, assumir 01 mês em 2014, enquanto suplente; mandato titular de 2017 a 2020;

Realizei audiências públicas importantes como: juventude; agricultura familiar; igualdade racial; mulheres; indígena; 

Criei a Frente Parlamentar de Políticas Públicas das Mulheres;

Reativação do Conselho de Direitos das Mulheres;

Inseri Ilhéus no Fórum Estadual de Gestores de Promoção da Igualdade Racial;

Articulei a reativação do Conselho de Desenvolvimento Rural;

Criei a Comissão Permanente de Projetos de Iniciativa Popular

Autoria de Leis importantes, como: *Democratização do Conselho Municipal de Transporte e Transito (não aplicada pelo prefeito e retroagida novamente);

*Garantia de contratados para as crianças surdas na rede de ensino;

*Garantia de placas p horários de ônibus em todos os pontos (não cumprida pela prefeitura)

*Regulamentação do Bombeiro Civil em Ilhéus;

*Regulamentação e orçamento para Fardamento de agentes de transito;

*Desembarque legal fora do ponto para idosos, mulheres e deficientes;

Tem mais, porém um filtro p não ficar longo.


3. Preparação para a Candidatura:


   - Pré-candidato, o que o motivou a aspirar disputar a eleição e quando se sentiu apto para esse desafio?

R= Como pode perceber a maioria das leis e outras iniciativas que tive como debater os planos municipais, reforma tributária, geração de emprego e renda, depende necessariamente da ação do poder executivo, que em Ilhéus por aproximadamente 40 anos estamos de ladeira a baixo; Então levar nossa experiência e propostas para de fato serem executadas e colocar Ilhéus na rota do crescimento real para seus munícipes.


4. Relação com o Governo Estadual:


 - Pré-candidato, como descreveria sua relação atual com o governo do estado?

R= Por muito tempo que defendo os governos representados por nossos líderes do PT; contudo, aqui em Ilhéus, a suposta base aliada, utiliza-se deste grupo para se manter no poder, porém com gestões atrasadas. Se o governo do estado tiver um parceiro de verdade, realizando seu dever de casa, Ilhéus estaria muito melhor.


5. Visão para o Desenvolvimento de Ilhéus:


 - Pré-candidato, qual é sua visão para o desenvolvimento de Ilhéus nos próximos anos?


 R=  Educação: Este é um dos setores mais preocupantes, o município está produzindo uma geração de jovens semi analfabetos; os profissionais da educação não tem boas condições de trabalho; a quantidade de contratos precários é muito grande; a infraestrutura das escolas não estão de acordo com o que podemos chamar de uma educação moderna;

Precisamos urgentemente fazer um freio de arrumação.

6. Educação:


- Pré-candidato, como pretende elevar a qualidade da educação pública em Ilhéus?


R= Primeiro passo é fazer com uma equipe bem preparada um diagnóstico das condições ensino/aprendizagem; abrir concurso, não é compreensivo o prefeito dizer que precisa analisar se tem vaga real, quando contratam 700 pessoas; colocar no orçamento o transporte totalmente gratuito para todo estudante da rede pública, dentro do próprio transporte coletivo; fazer novas formações e acompanhamento, inclusive considerando o crescente número de crianças atípicas.


7. Saúde:

  - Pré-candidato, quais medidas tomará para fortalecer o sistema de saúde municipal?


R= Precisamos criar estratégias de unidades de referências por região, nas estruturas já existentes com resolutividade; Fazer com que a UPA entregue pelo estado, de fato funcione como uma UPA, hoje é apenas uma unidade de pronto atendimento 24horas; Ajustar o convenio com o programa Mais Médicos do Governo Federal para ampliar o atendimento da rede de atenção básica; rever os chamamentos públicos; organizar e de fato informatizar todo o sistema.


8. Desenvolvimento Econômico:


- Pré-candidato, quais estratégias planeja adotar para promover o desenvolvimento econômico em Ilhéus, atraindo investimentos e estimulando o empreendedorismo local?


R= Um dos principais motivos de não atração de grandes investidores para Ilhéus é a insegurança jurídica; Precisamos urgentemente fazer o Plano Diretor que está vencido por 9 anos;

Atualizar o código de posturas que ainda é de 1974 sem atualizações;

Começar a realizar a regularização fundiária;

Em caráter de urgência fazer uma nova reforma tributária, pois a última de 2015 pesou demais a mão sobre os empreendimentos que precisam obrigatoriamente estar regularizado e afastou a demanda espontânea;

Atraves de equipe especializada fazer uma compilação das leis e regulamentações pendentes para gerar segurança jurídica.

Tratar de forma profissional a agricultura, turismo e cultura de nossa cidade.


9. Turismo e Lazer:

   - Pré-candidato, sobre o turismo, que estratégias adotaria para impulsionar o setor? E quais ações pensa em implementar para oferecer opções de lazer à população?


R= Em geral, em qualquer cidade as principais opções de lazer têm motivação do setor público, porém são desenvolvidas pelo setor privado, então precisamos chamar o trade turístico para construção de um plano a médio e longo prazo.

Contudo na parte do poder público precisamos profissionalmente vender Ilhéus para fora do estado e do país; garantir a preservação dos patrimônios históricos com melhores parcerias com IPHAN entre outras entidades no setor;

Considerando a nova orla, criar um grande espaço de convívio e de comercialização de produtos típicos para o turismo no antigo parque de exposições;

Precisamos ter praças e espaços esportivos espalhados por toda cidade. Pois a cidade não pode ficar boa para o turista e ruim para o seu habitante.


10. Meio Ambiente:


    - Pré-candidato, quais são suas propostas para promover a sustentabilidade e preservação ambiental na cidade?


R= Ilhéus tem o privilégio de contar com 1.500m² de território, dentro dele áreas dentre poucas no mundo, como a mata atlântica urbana, a lagoa encantada, rios, etc. Uma secretaria de meio ambiente não pode se limitar a liberação de corte de árvore na cidade e liberar licença p construções.

Precisamos motivar o desenvolvimento sustentável com as novas práticas, inclusive temos uma lei que trata do Pagamento por Serviço ambiental, que não é bem utilizada no município e não se estendeu para atender os interessados de todo o município; 

A Agricultura familiar sempre foi e continuará sendo importante parceira no processo de preservação ambiental, mas não tem acompanhamento técnico devido.

A falta de um plano diretor facilita a expansão desorganizada e descontrolada principalmente nas áreas norte e oeste do município.


11. Segurança Pública:


    - Pré-candidato, diante dos desafios de segurança em Ilhéus, como planeja reduzir os índices de criminalidade?


R= O combate e investigações cabe ao estado; contudo o município pode fazer sua parte melhor aparelhando a guarda municipal, aumentando seu efetivo.

Ampliar a iluminação pública em todos os setores;

Criar mais possibilidades de esporte e lazer, principalmente a partir das escolas municipais, praças e demais parcerias para gerar alternativa aos jovens que ficam com tempo ocioso; Em quais lugares nossos jovens conseguem praticar esportes? Quais motivações têm, apesar de tantos talentos que conseguimos perceber?

Garantir oportunidades a este setor da sociedade é diminuir índice de criminalidade.

Instalar os monitoramentos eletrônicos.


12. Mobilidade Urbana:


    - Pré-candidato, quais são suas propostas para melhorar a mobilidade urbana e enfrentar desafios no trânsito e transporte público?


R= Ilhéus é uma cidade que em poucos lugares conseguimos andar por calçadas, este não é um desafio de curto prazo; As supostas ciclovias criadas não se interligam e a maioria já não existe mais;

Precisamos legitimar e dar condições de trabalho real para o CONCIDADE, Conselho da Cidade que possui Câmara Técnica específica para esta tarefa. Assim criaremos uma rota de trabalho entendendo que mobilidade é muito mais amplo que apenas garantir a existência dos ônibus, o que hoje já é um problema;

Irei fazer em caráter de urgência uma nova licitação para garantir um novo serviço de transporte. Importante lembrar que no artigo 6º da Constituição foi inserido transporte na mesma condição de direito social que a saúde e a educação.

Junto com o transporte coletivo podemos ter o transporte complementar para garantir mobilidade a lugares de acesso limitado aos ônibus;

Aumentar o efetivo dos agentes de transito para poder organizar o transito em vários outros setores da cidade que não seja o Centro, Malhado e Pontal, pois a circulação de veículos e falta de organização está por todos os grandes bairros.


13. Participação Popular:


    - Pré-candidato, como pretende envolver a comunidade nas decisões do governo municipal? Planeja implementar algum mecanismo, como um aplicativo para demandas em tempo real?


R= A maior parte da minha história política vem dos movimentos populares e organizações da sociedade civil; Portanto, colocarei, de verdade, em prática a escuta nos orçamentos participativos, que já é uma obrigação, contudo bastante mascarada.

Na construção dos orçamentos anuais podemos priorizar por cada setor as demandas mais sinalizadas pela população.

A sua provocação de aplicativo para demanda em tempo real pode ser substituída por encontros sérios e bem organizados, o que não impedirá de procurarmos experiências existentes e exitosas com os mecanismos tecnológicos também.


14. Relação com a Imprensa:


    - Pré-candidato, como está sua relação com a imprensa atualmente? E como pretende desenvolvê-la, caso seja eleito?


R= O fato de ter exercido um mandato sério e de muito respeito, tenho uma relação muito boa com as pessoas que fazem comunicação na cidade. Claro que todos os meios vivem do que produzem, portanto uma presença frequente nas mídias demanda de recursos. Porém sempre sou convidado ou ao procurar tenho espaço aberto em vários lugares, a exemplo do convite recebido por vocês para esta entrevista. Momento que já antecipo o meu agradecimento pela oportunidade.

Enquanto mandato, precisamos utilizar a secretaria de comunicação para bem informar as pessoas, promover as ações do governo, orientar a sociedade sobre o seu melhor funcionamento da educação, saúde transporte, etc.

Atualmente passamos oito anos com a secretaria divulgando as obras do estado como se do município fossem... 


15. Bastidores das Alianças:


 - Pré-candidato, como está a questão dos bastidores das alianças políticas?


R= Tenho conversado com os representantes do partidos que compõem a Federação Brasil da Esperança em Ilhéus, mas também fazendo diálogo com outros partidos.

O que tem me preocupado é de que passamos os últimos 7 anos com melhorias apenas onde o governo do Estado realizou obras e agora querem alimentar a ideia de unidade para manter a base aliada a fim de eleger o sucessor do atual prefeito. Ora, se a sucessão for manter o status quo estabelecido ou voltar com quem já esteve por 22 anos no governo municipal, Ilhéus não entrará na rota do crescimento e desenvolvimento.

Estamos vivendo de aparências. 47% da população de Ilhéus está dentro da margem de insegurança alimentar. Não temos planos ativos ou existentes. Somos o maior devedor trabalhista da Bahia e o 3º do Brasil, entre outros problemas, frutos destes últimos governos.


14. Inclusão das Minorias:

   - Pré-candidato, qual é a sua abordagem em relação à comunidade LGBT, indígena, de matriz africana e demais minorias? Como pretende envolvê-las em sua gestão e garantir sua representatividade?


R= Foi o meu mandato que trouxe de volta as atividades da Promoção da Igualdade Racial, fiz Audiência pública sobre indígena, juventude, mulheres. Fui membro do Comite de combate ao racismo, assedio sexual e moral no Tribunal de Justiça da Bahia. Portanto meu mandato terá políticas públicas muito bem estabelecidas com estes setores, a partir das prioridades apresentadas por eles e elas.

Criarei uma secretaria que possa representar a atender estes setores.


15. Religiões e Participação Governamental:

   - Pré-candidato, como planeja envolver a comunidade católica, evangélica e adeptos de religiões de matriz africana em seu governo? Quais iniciativas pretende implementar para promover a participação e inclusão desses grupos?


R= Minha formação pessoal e familiar enquanto religião foi na Igreja Católica; Dentro da igreja sempre fiz parte dos setores que defendem o diálogo inter-religioso, tenho uma relação de muita proximidade com as religiões de matriz africana e ótimo diálogo com vários setores das igrejas evangélicas.

O que precisamos entender é de que o Estado é laico, portanto, enquanto gestor não posso ter prioridade de uma em detrimento a outra. Todas as religiões tem uma série de atividade e eventos que inclusive fomentam a fé mais também a cultura, o turismo, a história, dessa forma meu governo irá colocar de forma equânime nos calendários e orçamentos todas as demandas possíveis dos religiosos.

Ressalte-se que Ilheus possui junto com Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália as primeiras igrejas do Brasil e que não são devidamente trabalhadas no turismo religioso. Assim como o primeiro engenho de açúcar do Brasil.


16. Geração de Empregos:


   - Pré-candidato, diante dos desafios econômicos, como pretende impulsionar a geração de empregos em Ilhéus? Quais setores serão priorizados em seu plano?


R= Como dito acima, primeiro e urgente organizar os instrumentos de gestão para gerar a segurança jurídica e uma política de isenção fiscal justa para quem chega e para quem já estar investindo na cidade por muito tempo.

Com esta organização poderemos ter mais facilidade para buscar novas industrias. Pois o que tem vindo é bem limitado à atenção básica de primeiras necessidades.

Motivar a ampliação e organização da agricultura familiar. 

O maior empregador de Ilhéus ainda continua sendo o poder público, isto é coisa de cidade pequena. Atualmente somos a 12ª economia do Estado, não é um lugar que Ilhéus merece estar.


17. Considerações Finais:

   - Pré-candidato, para finalizar, que mensagem ou considerações finais você gostaria de transmitir aos leitores e potenciais eleitores? Como pretende inspirar confiança na sua liderança e compromisso com a cidade de Ilhéus?


R=  Ilhéus ainda tem um triste histórico de ter no poder executivo pessoas vindas das oligarquias, do poder econômico ou dos acordos que pensam nas próximas eleições mas não pensam no povo e desenvolvimento do município.

Está na hora de pensarmos num projeto que una desenvolvimento sustentável, atração de novos investimentos, sem esquecer do seu povo, do futuro dos filhos do seu povo.

Portanto, convido todas e todos para juntas e juntos fazermos uma nova história, é possível e tenho esta disposição.

Editor Chefe: David Reis

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem