Novas Noticias

Câmara de Ilhéus promoveu debate com mulheres sobre enfrentamento contra a violência doméstica

Nesta quinta-feira (10), a Câmara de Vereadores de Ilhéus, através da Frente Parlamentar das Mulheres, realizou Audiência Pública em alusão ao Agosto Lilás - mês do enfrentamento contra a violência doméstica. O encontro foi presidido pela vereadora Enilda Mendonça (PT) e contou com a presença do então presidente da Casa, Abraão Oliveira (PDT), que abriu a audiência declarando apoio à luta das mulheres.


A vereadora Enilda explicou que o objetivo da audiência era comemorar os 17 anos da Lei Maria da Penha. Segundo a vereadora, “todas temos muito a agradecer a Maria da Penha pela sua força e coragem, pois quando o país não tinha nenhuma legislação que protegesse a mulher, ela não desistiu da luta nem de denunciar o seu agressor que a levou a uma cadeira de rodas”, lembrou a vereadora.


Ao lado da parlamentar, a mesa foi composta pela Deputada Estadual Soane Galvão (PSB), Camila Batista - representando a Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres, Carla de Sá Serafim - Secretária Municipal de Mulheres, e por Cris Joia - membro da União Brasileira de Mulheres (Sessão Bahia) e também do Conselho Municipal de Mulheres. 


Ao se pronunciar, Camila Batista destacou que “Ilhéus saiu na frente por ter agora uma secretaria voltada à questão da mulher e isto, inclusive, foi uma exigência para a implantação da Casa da Mulher Brasileira”. A representante da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres se referia ao Programa que acabou de ser anunciado na última semana pela Ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, em visita a Ilhéus, onde assinou protocolos de intenção para a construção de cinco casas da Mulher Brasileira, sendo uma delas em Ilhéus. Esta casa irá oferecer um espaço integrado com a Delegacia da Mulher, juizados especiais, atendimento psicológico, assistencial e dormitórios.


O movimento social de mulheres foi representado pela Cris Joia, que lembrou em plenário os 35 anos da existência da União Brasileira de Mulheres. "A UBM é um movimento a nível nacional que pratica o feminismo emancipacionista, acreditamos e construímos coletivamente nossa emancipação através da luta aqui e agora contra as explorações causadas pela divisão social e sexual no trabalho e ao combate à opressão de gênero", explanou Cris.


A audiência contou com a presença dos vereadores Paulo Carqueija (PSD), Edvaldo Neto (UNIÃO BRASIL), Luciano Luna (PV), Baiano do Amendoim (PSDB), Ivo Evangelista (REPUBLICANOS), Gurita (PSD), além de diversas representações de mulheres da sociedade civil, como a presença da OAB, Polícia Militar, Secretarias de Saúde e da Educação.


A programação da Câmara sobre o Agosto Lilás continua com outro debate sobre o enfrentamento da violência contra a mulher, agora promovido pelo vereador Luciano Luna (PV), na próxima sexta-feira, 18, também com transmissão ao vivo pela Tv Câmara.

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem