Novas Noticias
Novas Noticias
Novas Noticias

Atividade física e alimentação são aliadas no combate aos desconfortos causados pela menopausa

Período marcado pela ausência de ciclo menstrual durante doze meses a menopausa resulta da queda brusca da produção hormonal, fazendo com que a maioria das mulheres apresentem sintomas desconfortáveis a exemplo dos fogachos, redução da libido, secura vaginal e alterações no humor e no sono. Em geral, estes sintomas são sentidos antes mesmo da chegada da menopausa, no período conhecido como climatério, que nada mais é que a fase que antecede a cessão completa da menstruação, gerando desconforto e impactando negativamente na qualidade de vida das mulheres.

Entre os tratamentos utilizados para amenizar os sintomas e reverter os impactos negativos causados ao bem-estar físico e emocional das mulheres está a terapia de reposição hormonal, podendo esta ser feita de diferentes formas, dentre elas a colocação de implantes e/ou o uso de gel. Entretanto, o médico ginecologista Dr. Jorge Valente alerta que, para isso, é necessário realizar uma ampla avaliação de exames laboratoriais e de imagem. Sendo a reposição prescrita, o médico explica que independente da via que a terapia de reposição for administrada, sua eficácia se torna mais evidente quando realizada de maneira complementar a uma terapêutica que engloba outras ações que estão diretamente relacionadas à atenção à saúde como um todo, como a adoção de um estilo de vida saudável com alimentação equilibrada, prática regular de exercícios físicos e noites bem dormidas.

O médico afirma que o cuidado com a alimentação é essencial para driblar os desconfortos da menopausa. “Evitar alimentos industrializados e priorizar o consumo de frutas, verduras, hortaliças, cereais, peixes, entre outros alimentos ricos em vitaminas, ácidos graxos, cálcio e nutrientes, contribuem não só para o bom funcionamento do organismo feminino, mas, também, na proteção contra doenças a exemplo da osteoporose, diabetes, obesidade, hipertensão e cardiopatias”, destaca Dr. Jorge Valente.

De acordo com o médico, a adoção de bons hábitos colaboram também para o aumento da disposição e para o bom humor, fatores que, segundo ele, ajudam a encarar todas estas mudanças vivenciadas durante a menopausa. Outra importante aliada para a redução dos incômodos vividos neste período é a atividade física. “Essencial para a saúde e qualidade de vida de todos os indivíduos, a prática de exercício se torna ainda mais importante nessa fase da vida da mulher, tendo em vista a sua contribuição para a regulação do metabolismo, manutenção do peso corporal e redução de fatores de risco de doenças associadas ao sedentarismo e à queda na produção hormonal”, explica o ginecologista.  

O médico ressalta ainda que ao notar o surgimento de sintomas relacionados à chegada do climatério e menopausa a mulher deve conversar com o seu médico ginecologista para que este possa avaliar de maneira criteriosa e individualizada os meios mais adequados para tratar os sintomas, cuidado da sua saúde e qualidade de vida.

 

 

*Sobre o Dr. Jorge Valente*

Médico pós-graduado em medicina ortomolecular e em longevidade, especialista em ginecologia pela FEBRASGO, com 25 anos de atuação na área de ginecologia endócrina, atuando em reposição hormonal, emagrecimento e foco na saúde integral, onde o estilo de vida é a base do tratamento.


*Informações para a imprensa:*

*Líliam Cunha – Jornalista – MTE-BA 3334*

7199157-2182


Crédito: Freepik

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem