Novas Noticias
Novas Noticias
Novas Noticias

Ilhéus na São Silvestre: mais do que corrida, superação

A 98ª edição da corrida de São Silvestre irá ocorrer no próximo dia 31 de dezembro, em São Paulo, e mais dois atletas do sul da Bahia irão marcar presença nesse grande evento. Os ilheenses Agenor Borges de Carvalho Netto e Ana Paula Reis já estão preparados para representar o município na história da corrida de rua mais famosa do país. 


A dupla é composta por veteranos que têm intimidade com as corridas realizadas nacionalmente, cujo foco é conquistar prêmios e explorar os limites do corpo. Não é só sobre correr, é ultrapassar os obstáculos e provar para si mesmo que o treino e a dedicação são capazes de realizar feitos inimagináveis na vida do indivíduo. 


Agenor Netto, no auge dos seus 50 anos, é um verdadeiro exemplo de garra e superação. Diagnosticado com esclerose múltipla (EM), doença autoimune que afeta o sistema nervoso central (SNC), o esportista é uma fonte de inspiração para os novatos e também para os veteranos. Ele é o primeiro brasileiro com EM a completar uma ultramaratona e também a participar da UpHill Marathon, na Serra do Rio do Rastro (SC). 


Ele já correu 15 maratonas (42km) e 08 ultramaratonas (acima de 50km), se analisarmos sua extensa carreira podemos notar um total de 185 provas realizadas oficiais. E isso não é nada, o prodígio já correu uma distância de 235 km, provando que a fonte de sua força vem da dedicação e amor ao esporte. 


Aos 54 anos, Ana Paula esbanja saúde e velocidade nas corridas que participa. Seu objetivo inicial era perda de peso e superação de problemas pessoais, tanto físicos quanto emocionais. Hoje em dia, a nossa velocista corre por pura paixão. Apesar de seu longo histórico de corrida, completando 36 disputas, Ana não esquece a sua primeira participação, que foi justamente no dia que completava 1 ano de falecimento de seu amado pai. Não se deixando abater pela tristeza e luto, Ana deu o seu melhor em homenagem ao seu pai e a todos que confiam em seu potencial. 


Ambos são alunos do ilustre professor Hakson Andrade, que ministra aulas na Academia Corpore. O Clube de Corrida da Corpore é totalmente gratuito para os alunos e não alunos da academia. O espaço dispõe de acessórios, planilhas de treino e acompanhamentos, tudo para elevar a qualidade dos nossos velocistas. A academia foi disponibilizada pelo dono Thed Pamponet em prol dos corredores, fornecendo assim um ambiente que favoreça os treinos dos atletas. Juntos, os dois são a inspiração e a meta dos corredores mais novos que fazem parte do Clube de Corrida da Corpore, agregando talento, elevando a Bahia e Ilhéus no cenário da corrida e da São Silvestre.

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem